Áreas e Linhas de Pesquisa

Selecione a Área ou Linha de Pesquisa para descrição.

Linha de Pesquisa: Avaliação da Acurácia de Testes Diagnósticos

Modernamente os testes diagnósticos novos e antigos requerem avaliações tecnológicas sobre sua validade, utilidade e acurácia, de tal forma, a reduzir a incerteza e possibilitar opções que deem maior eficiência aos sistemas de saúde.

Orientadores:

Prof. Dr. Adagmar Andriolo

Prof. Dr. Wagner Iared

Linha de Pesquisa: Metodologia e Realização de Revisões Sistemáticas de Terapêuticas em Saúde

Método que permite agrupar estudos primários, extraindo a melhor evidência científica, integrando as informações existentes, oferecendo subsídios racionais da área de saúde e estabelecendo se os achados científicos são consistentes entre as populações.

Orientadores:

Prof. Dr. Álvaro Nagib Atallah

Profa. Dra. Cristiane Rufino de Macedo

Prof. Dr. Daniel Guimarães Cacione

Porf. Dr. Delcio Matos

Profa. Dra. Edina Mariko Koga da Silva

Prof. Dr. José Carlos Baptista Silva

Profa Dra. Maria Regina Torloni

Profa. Dra. Rachel Riera

Prof. Dr. Ronald Luiz GOmes Flumignan

Porfa. Dra. Tamara Melnik

Profa. Dra. Virgínia Fernandes Moça Trevisani

Prof. Dr. Vladimir Tonello Vasconcelos

Linha de Pesquisa: Metodologia e Realização dos Ensaios Clínicos Controlados

Estudo e realização de ensaios clínicos randomizados controlados para avaliação de eficácia, efetividade e segurança de procedimentos terapêuticos.

Orientadores:

Profa. Dra. Rachel Riera

Profa. Dra. Virgínia Fernandes Moça Trevisani

Linha de Pesquisa:  Metodologia para a Aplicação da Medicina Baseada em Evidências

Desenvolvimento de projetos e avaliação de pesquisas clínicas com a metodologia de epidemiologia clínica. Estudos epidemiológicos, ensaios clínicos, metanálise e avaliações científicas de variações terapêuticas.

Orientadores:

Profa. Dra. Carolina Frade Magalhães Girardim Pimentel Mota

Prof. Dr. Sérgio Henrique Hirata

Linha de Pesquisa:  Judicialização e Economia em Saúde

A judicialização da Saúde vem crescendo nos últimos anos, tanto no sistema público quanto no sistema privado de saúde do país.  Impossível tratar o tema judicialização isolado de outro tema da máxima importância que são os impactos econômicos que tais demandas trazem para toda a sociedade.  Conhecer os princípios básicos do sistema judiciário e econômicos para o operador de saúde podem auxiliar na tomada de decisões coletivas, que devem ser norteadas pelos princípios das melhores evidências científicas como alicerce das boas práticas em saúde.

Orientadores:

Prof. Dr. Álvaro Nagib Atallah

Prof. Dr. Luis Carlos Uta Nakano

Profa. Dra. Rachel Riera

Linha de Pesquisa:  Evidências em Educação Médica e demais Profissões da Saúde

A prática baseada em evidências (PBE) iniciada nos anos 90 trouxe consigo uma disseminação de melhores evidências para tomadas de decisões clínicas, com métodos mais rigorosos para pesquisa clínica e uma análise mais crítica e criteriosa da literatura disponível. A educação médica e de outras profissões da saúde busca, também, seguir os passos da PBE e desenvolver estudos que apresentem as melhores evidências em educação médica e profissões da saúde, seguindo a metodologia da BEME - Medical and Health Professional Education. A BEME surgiu em 1999, a partir de um grupo de colaboradores, Universidades e organizações profissionais, comprometidas com o desenvolvimento de processos educacionais sistemáticos e cientificamente fundamentados, disseminando a cultura das melhores evidencias disponíveis nas ciências da saúde, entre professores, instituições e organismos nacionais. Nesse sentido as revisões sistemáticas representam um elemento estratégico para oferecer informações de confiança e apoio à tomada de decisão na prática educacional. O objetivo desta linha de pesquisa é promover e realizar revisões de educação médica e demais profissões da saúde, buscando contribuir para uma educação baseada em evidências e não apenas em opiniões de especialistas, levando em consideração a qualidade das evidências, a utilidade das mesmas, os métodos utilizados, a validade externa e interna, a força das evidências, sua validade, os cenários, relevância e os resultados obtidos, entre outros aspectos.

Orientadores:

Prof. Dr. Aécio Flávio Teixeira de Gois

Profa. Dra. Maria Stella Peccin da Silva

© 2013 - 2017 Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Rua Napoleão de Barros, 865 - Vila Clementino  •  CEP 04024-002 - São Paulo - SP
+55 11 5576 4848 VoIp 2184   •   pgsbeunifesp@gmail.com